Qual a real função dos pelos no corpo?

Muitos dos pelos estranhos espalhados pelo nosso corpo têm uma função de proteção, principalmente aqueles localizados em regiões próximas a orifícios naturais, como os localizados nas narinas, nos ouvidos e na região pubiana das mulheres. Alguns dos pelos estranhos só surgem na puberdade, por conta do início da ação dos hormônios sexuais. É o caso dos pelos na região pubiana e embaixo do braço, nas axilas. Mas, da mesma forma que aparecem na adolescência, eles também começam a rarear quando a produção dos hormônios entra em decadência. Por isso, mulheres na menopausa e homens na andropausa têm menos pelos. Mas existe também uma anomalia congênita chamada atriquia, em que a pessoa perde todos os pelos do corpo.

Outra curiosidade: por maior que seja a tendência peluda de alguém, existem regiões, como a palma das mãos e a sola dos pés, onde não nasce penugem de jeito nenhum. Isso porque esses locais têm poucos folículos pilosos – as minúsculas cavidades existentes na pele onde nascem os pelos.
Conheça a origem dos pelos em algumas regiões do corpo:

AXILAS

São só uma herança dos nossos ancestrais meio homens, meio macacos. Os pelos das axilas eram associados às glândulas da região que produzem odores. E, como ocorre com muitos animais, esses odores serviam para atrair o sexo oposto. Hoje só dão trabalho às mulheres…

OUVIDO

Junto com a cera, os pelinhos que nascem no interior do ouvido fazem as vezes de um filtro, retendo partículas de poeira e micro-organismos que teimem em entrar na região.

SOBRANCELHAS

A cada dia surgem cerca de dez fios novos para substituir os que caem. A sobrancelha só serve para impedir que alguma sujeira, como o suor que escorre da testa, por exemplo, entre nos olhos.

CÍLIOS

São como pequenas vassouras: protegem os olhos de poeira e pequenos insetos que caiam na região. Apesar de importante, não é a principal proteção da vista — o reflexo de fechar as pálpebras diante de um perigo é bem mais eficaz. Em média, nasce um cílio novo por dia.

NARIZ

Os pelinhos rígidos que ficam dentro das narinas são chamados de vibrissas. Eles são como pequenos filtros: impurezas, como a poeira, grudam nas vibrissas e assim não são inaladas.

PUBIANOS

Nas mulheres, são uma primeira barreira de proteção para o sensível canal vaginal. Para os homens, não têm função hoje em dia, mas em nossos ancestrais podem ter servido para manter a região mais aquecida e protegida.

*Com informações do site Editora Abril
Por Mariana Pajuelo

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Leia o post anterior:
Tendência: Megahair de sobrancelha

Quais são os riscos do bronzeamento artificial?

Fechar