Depilação íntima brasileira: os cuidados

Saiba dos cuidados que a depilação íntima requer

Quando se fala de depilação íntima, mundo à fora muita gente torce o nariz, por assim dizer. Mas aqui no Brasil é muito comum a remoção quase que total dos pelos da região íntima feminina, sendo preservado apenas um fino filete de pelos na região frontal ou mesmo a retirada total dos pelos – tanto que a técnica até ganhou fama internacional, sendo chamado de brazilian wax (em português, depilação brasileira).

A depilação íntima total pode ser prejudicial e é desaconselhada porque os pelos nessa região funcionam como protetores, evitando infecções e doenças vaginais, mas há mulheres que não abrem mão desta técnica.

O que é recomendado e o que não é recomendado para a depilação íntima:

Para fazer a depilação íntima, a cera quente é a recomendada, pois o calor dilata os poros, facilitando a saída dos pelos. Por outro lado, a depilação da região íntima com lâmina é o método menos indicado porque pode provocar alergia, coceira ou cortes na pele, além do pelo crescer rapidamente.

A depilação da região íntima com creme depilatório também é uma opção, porém é preciso ter certeza de que ele pode ser usado nesta região.

Os cuidados na hora de realizar a depilação íntima

Para fazer a depilação íntima com cera quente é necessário ter alguns cuidados como:

  • Fazer uma esfoliação 3 dias antes nas virilhas para evitar os pelos encravados e preparar a região para a depilação;
  • Estar atenta à temperatura da cera para não queimar a região;
  • Começar a depilação da região íntima de fora para dentro e de cima para baixo;
  • Colocar a cera no sentido do crescimento dos pelos;
  • Retirar a cera no sentido contrário ao crescimento dos pelos;
  • Jogar fora a cera e não reutilizá-la, para evitar infecção;
  • Passar um creme calmante pós depilação na região;
  • Evitar a exposição ao sol 24 h após a depilação da região íntima.

Estas medidas servem para evitar infecções da região íntima, irritação, manchas na pele, queimaduras e pelos encravados.

Já a depilação íntima masculina com cera quente deve seguir este mesmo passo a passo e, por isso, é também preciso respeitar estes cuidados. No homem, a depilação da região íntima deve ser feita por uma esteticista ou depiladora profissional.

*Com informações do site Tua Saúde

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Leia o post anterior:
Cuidado com receitas caseiras para clareamento

Evite poros dilatados na pele com limpeza e hidratação

Fechar