Cuidados diários para uma pele perfeita

É difícil encontrar alguém que não esteja empenho em ter uma pele perfeita. Ainda mais nos dias de hoje, com tanta informação de cuidados e produtos cosméticos disponíveis nas prateleiras das perfumarias. Mas você sabia que alguns cuidados simples podem lhe ajudar a chegar ao mais próximo possível de uma pele limpa e saudável, em especial no rosto? Veja como ter uma pele perfeita com esses cuidados diários:

Para começar é preciso conhecer o tipo de pele.

  • Quem tem a pele oleosa ou propensa à acne deve usar um gel salicílico ou um sabonete à base de peróxido de benzoíla para lavar a pele.
  • Para a pele madura e seca use um hidratante com ácido glicólico ou um produto de limpeza em creme.
  • No caso de pessoas com manchas marrons ou melasma, é sugerido produtos para iluminar a pele, como sabonetes que contenham alfa hidroxiácidos.

O que ajuda e o que não ajuda a ter uma pele perfeita?

Não ajuda: Embora seja tentador tomar uma xícara de café ao acordar de manhã, escolher as bebidas certas pode fazer uma grande diferença na pele.

Ajuda: O ideal é beber sucos verdes com vários legumes diariamente. Ele vai transformar a sua pele em questão de dias, e também ajuda oxigenar a pele e estimula o drenagem linfático, diminuindo o inchaço.

Ajuda: O ômega-3 é essencial para a pele reter umidade. Coloque semente de linhaça ou nozes na salada, por exemplo, para dar uma boa dose de ômega-3 ao corpo, aumentando a capacidade da pele de se manter hidratada. E tenha uma alimentação pobre em alimentos que têm alto índice glicêmico, como carboidratos simples (que inclui o açúcar refinado).

A hidratação ajuda a ter uma pele perfeita

Os melhores momentos para hidratar a pele são logo depois de sair do banho e antes de dormir. Evite produtos que tenham fragrâncias fortes e certifique-se de encontrar um hidratante que seja leve o suficiente para uso diário com irritação zero. E, claro, não se esqueça de beber cerca de 8 copos de água ao dia.

Além disso tudo, é muito importante manter os dedos longe da pele para não machucá-la. Eles podem espalhar bactérias, causar espinhas e cicatrizes e até aumentar as rugas.

*Com informações do site Marie Claire

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Leia o post anterior:
Depilação masculina: sem preconceitos

Qual a diferença entre óleo e creme hidratante?

Fechar