Qual a melhor depilação para você?

Por Mariana Pajuelo

Nada é tão íntimo quanto a escolha de sua depilação, isso porque ninguém melhor do que você para saber qual método se adapta melhor na sua pele e o que se torna mais prático no seu dia a dia. Então, veja abaixo algumas soluções para dar um fim aos pelos e como são utilizadas.

Depilação com cera

Em qualquer método de depilação, é preciso seguir duas regras básicas: passar a cera no sentido de crescimento dos pelos e puxar no sentido contrário com firmeza. O movimento deve ser rápido e direto ou a cera vai grudar e machucar a pele. Não pode ter dó!

Também é importante depilar pequenas áreas de cada vez, sem pressa. Assim, se algo der errado e a cera ficar grudada, você remove com mais facilidade. Além disso, em algumas regiões, como a virilha, os pelos crescem em sentidos diferentes, e respeitar isso é fundamental para se depilar bem.

Cera roll-on

É o tipo de depilação mais fácil, mas não é indicado para todas as áreas do corpo e os pelos devem ter no mínimo 1 cm de comprimento. É preciso derreter a cera no aquecedor elétrico, que a deixa na temperatura ideal de uso, reduzindo as chances de queimadura. Depois é só passar na pele, colocar o lenço de TNT por cima, friccionar e puxar de uma vez.

Geralmente, depilação com roll-on é só nas pernas, mas tem gente que arrisca fazer a virilha. Uma dica é cortar o lenço ao meio, assim você tem maior controle na hora da puxada e não desperdiça material.

Cera quente

O calor do produto abre bem os poros e facilita a retirada dos pelos, que costumam sair de uma vez e com pouca dor. Outra vantagem é que eles precisam ter apenas 0,5 cm de comprimento.

Porém, leva tempo até acertar o ponto da cera e entender a hora certa de puxar. A cera quente demais queima a pele; fria demais não arranca os pelos. Se você esperar muito tempo para puxar, a cera endurece e quebra. Nessas horas, bate um leve desespero, mas o jeito é jogar óleo removedor e ir tirando pedacinho por pedacinho, sem pânico.

Pode-se usar na virilha e axila, onde os pelos são mais grossos e requerem algo mais maleável do que o roll-on.

Cera hidrossolúvel

A principal vantagem já está no nome: a cera sai com água. É o fim da sujeira, da sensação de grude pós-depilatório e, principalmente, do desespero que surge quando o produto gruda e não quer sair.

Ela vem em potinhos prontos para esquentar no micro-ondas ou em banho-maria. É só passar sobre a pele com a espátula, colocar o lenço por cima e puxa com força. Truque: a camada de cera tem que ser BEM fininha. Imagine que ela é um tipo de cola que só gruda no papel em pequena quantidade. Caso contrário, fica na pele depois da puxada e não elimina o pelo.

Pode usar em qualquer parte do corpo, mas eu só uso na virilha. Já tentei fazer a axila, mas não deu certo (os pelos não aderiram à cera).

Confira as nossas ceras AQUI

*Com informações do site Bolsa de Mulher

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Leia o post anterior:
Qual a real função dos pelos no corpo?

Tendência: Megahair de sobrancelha

Fechar