Conheça as doenças que prejudicam a depilação

Para fazer uma depilação nota 10, primeiro é necessário conhecer a estrutura e as doenças que podem aparecer na pele. Quando as lesões estiverem com inflamação e pus, evite depilar. Conheça alguns tipos de enfermidades que as clientes podem apresentar para você, profissional de depilação, poder orientá-la da melhor forma.

Foliculite

A foliculite é uma inflamação do folículo piloso com consequente contaminação por uma bactéria. A região fica avermelhada ao redor do pelo com um ponto de pus no centro. É comum em regiões da barba no homem e virilha na mulher. É contagioso, e transmite para outras regiões docorpo, além de passar de pessoa para pessoa.

Nesse caso, a depiladora deve orientar a cliente para tomar os cuidados necessários e a profissional deve usar luvas descartáveis.

Furúnculo

Furúnculo é uma lesão de pele caracterizada por um nódulo vermelho quente, doloroso e com muito pus. A infecção é no nódulo piloso e na glândula sebácea.

É contagioso e a depilação deve ser evitada. Fazer um tratamento adequado com o médico dermatologista.

Candidíase

Candidíase é uma micose causada por um fungo com o nome de Candida albicans. Deixa a pele avermelhada, com uma massa esbranquiçada e úmida. Aparecem em dobras, inclusive virilhas. Ataca também as unhas. No caso de candidíase não é aconselhado fazer depilação.

Dermatofitoreses ou Dermatofitoses

As dermatofitoses, ou tinhas, são micoses cutâneas ocorrentes em pelos, unhas e pel, provocadas por fungos que tem afinidade por queratina, chamados dermatófitos, que englobam os gêneros Epidermophyton Microsporum e Trycophyton.

As dermatofitoses podem aparecer em qualquer local do corpo. É mais comum em regiões das plantas dos pés, provocando descamações. Nas virilhas, provocam coceiras. Não é recomendado fazer depilação porque é uma doença muito contagiosa.

Melasma ou Cloasma

São manchas de tonalidade marrom-clara a escura. Aparece n atesta, nas maças do rosto, no dorso do nariz, no buço e queixo. Aparecem devido à exposição excessiva ao sol, associado ao uso de anticoncepcionais ou gravidez.

Pode ser feita a depilação usando uma cera hipoalergênica. Se a cliente tiver usando ácido para clareamento, não pode depilar, pois pode causar lesões nas manchas.

Acne

A acne é uma doença crônica do folículo sebáceo na pele do rosto e do tronco. Aparece por estar relacionada com a produção excessiva de sebo, aumento de bactérias na pele e produção excessiva de queratina.

Acne é uma doença inflamatória da pele. A sua frequência é maior na adolescência, quando o nível elevado de hormonas sexuais causa o aumento da secreção de sebo pelas glândulas sebáceas, provocando o aparecimento de espinhas, bolhas e pontos negros principalmente no rosto, nas costas, no peito e nos ombros.

Às vezes, os poros bloqueados os poros bloqueados infeccionam-se, aparecendo bolhas cheias de pus. Muito comumente, coça-se ou espremem-se essas bolhas, causando o agravamento da infecção e deixando cicatriz ou manchas. Quando as lesões estiverem com inflamação e pus, evitar a depilação.

Essas são as doenças que podem aparecer no salão de um profissional de depilação, e por isso, é importantíssimo que o profissional as conheça.

*Com informações do site Tecnologia e Treinamento
Por Mariana Pajuelo

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Leia o post anterior:
Benefícios do Aloe Vera para sua pele

Depilação íntima: a mais pedida no país

Fechar